O que é Bioeletrônica? » PCZapper » uZapper » ILIB Laser » Pro-Sync II » Potentizer » Prata Coloidal » Brain Machine »
O que é o Bioeletrônica?

É um termo cunhado para um campo de pesquisa que trabalha para estabelecer sinergia entre eletrônica e biologia. Um dos focos é combinar componentes biológicos e eletrônicos, de forma a criar utilidade prática no cotidiano.

Uma das bases da bioeletrônica é o fato que os sistemas biológicos, exatamente como ocorre nos circuítos eletrônicos, empregam impulsos elétricos para processar informação.

O cérebro humano, por exemplo, é um sistema extremamente complexo, no qual bilhões de células estão unidas por conexões elétricas e bioquímicas.

Psicotrônica:

O termo Psicotrônica remete aos fenômenos psiconeurológicos e a interação com os fenômenos de caráter energético (Bioenergia).

Se baseia em estudos da Radiônica e Radestesia.

Radiônica:

A radiônica é a ciência que estuda os campos de interação entre as pessoas e seus ambientes e os processos energéticos envolvidos, reconhecendo que a matéria, a energia e a mente estão perfeitamente interligadas.

Energia HADO (a influência das ondas energéticas)

Preenche-se um recipiente com água salgada, melhor condutora de energia.

Ajusta-se o emissor de frequências e a corrente elétrica, a polaridade e a intensidade. Nos equipamentos Hidrovitalis, estes parâmetros são definidos em software (Hidrovitalis) ou no painel do Hidrovitalis mini.

Colocam-se os pés dentro da água salgada.

Ativa-se o sistema.

As toxinas serão atraídas pela corrente elétrica devido aos princípios de eletroforese e ionização passando pela pele devido aos efeitos da eletroporação e permanecendo em suspensão no recipiente onde se encontra o eletrodo do equipamento.

Referências Bibliográficas:

1. Essa, EA.; Bonner, MC.; Barry, BW. Electroporation and ultraderfomable liposomes; human skin barrier repair by phospholipid. Jornal of Controlled Release 2003; 92: 163-172.

2. Prausnitz, MR.; Bose, VG.; Langer, R; Weaver, JC. Electroporation of mammalian skin: a mechanism to enhance transdermal drug delivery. Proc Natl Acad Sci 1993; 90: 10504-10508.

3. Martins, MRFM; Veiga, F. Promotores de permeação para a liberação transdérmica de fármacos: uma nova aplicação para as ciclodextrinas. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas.

© Copyright Masterview. All Rights Reserved. 2018